‘Para trazê-los de volta para ele’

2 Crônicas 49.15: Deus não age conforme as nossas expectativas.

As intenções de um nem sempre ficam claras para todos. As motivações divinas também nem sempre são compreendidas pelas pessoas. Por isso, precisamos estudar com cuidado a palavra de Deus.

Embora o Senhor tivesse enviado profetas ao povo para trazê-los de volta para ele, e os profetas tivessem testemunhado contra eles, o povo não quis ouvi-los.
2 Crônicas 49.15 NVI

Os profetas, desde Isaías a Malaquias, incluindo os maiores e menores, fazem uma parte significativa do Antigo Testamento. Cobrem boa parte da história do povo de Israel e de Judá. Contêm denúncias severas e ameaças de castigo. E nem todos os profetas que o Senhor enviou ao povo deixou algo escrito.

Sua presença no Antigo Testamento, e o envio de tantos profetas ao povo, servem de testemunho à bondade de Deus. O propósito do envio de todos eles foi “para trazê-los de volta para ele”.

Deus quer a nossa presença com ele. Ele trabalha sempre com este fim. Mesmo com as denúncias e ameaças proféticas, seu objetivo foi o arrependimento do povo e a restauração da comunhão com ele.

Deus nos prova hoje. Ele permite que nos sintamos as dificuldades da vida e as consequências do pecado, para que nos afastemos do mal e nos aproximemos dele.

Ele não age conforme as nossas expectativas, mas sim de acordo com seu propósito benéfico.

2 pensamentos em “‘Para trazê-los de volta para ele’”

Deixe uma resposta