Treme diante da minha palavra

Isaías 66.2: O que significa isso? Por que Deus exige tal atitude?

“Não foram as minhas mãos que fizeram todas essas coisas, e por isso vieram a existir?”, pergunta o Senhor. “A este eu estimo: ao humilde e contrito de espírito, que treme diante da minha palavra”. Isaías 66.2

O Senhor sempre tem definido de forma nítida quem são aqueles por ele aprovados e abençoados. No Antigo Testamento, ele não estava interessado apenas em ter construído para ele uma casa de adoração, v. 1, ou em ritual religioso, v. 3. Tremer diante da sua palavra significa respeito e obediência.

Somente quem é humilde e contrito de espírito tem esta reação perante a palavra de Deus. O ímpio, o egoísta e o tolo a desprezam, fazendo dela pouco caso.

Temor a Deus significa temor à sua palavra. Os pecadores são hostis para com os que respeitam a palavra de Deus, v. 5. Quem diminui ou menospreza a palavra será castigo, v. 6.

Alguns acusam os cristãos de idolatrar a Bíblia. Mas se Deus é digno de louvor, digna de louvor também é a sua palavra, Salmo 56.4. Devemos amá-la, Salmo 119.163-167. O homem acaba enfatizando o exterior: edificações, títulos, aparências, rituais. Mas Deus vê primeiro as atitudes e a intensa atenção dada aos seus testemunhos.

Jesus obedeceu aos mandamentos do Pai, João 15.10. Ele espera portanto que obedeçamos aos seus mandamentos.

Nosso Pai que está nos céus, louvamos a sua palavra. Com toda humildade, trememos perante ela. Queremos vivê-la na sua plenitude. Abençoe-nos para conseguirmos fazer isso.

Um comentário em “Treme diante da minha palavra”

Deixe uma resposta