Três vezes por ano

Êxodo 23.14, 17: Deus tem um povo feliz.

Três vezes por ano vocês me celebrarão festa. (…) Três vezes por ano todos os homens devem comparecer diante do Senhor, o Soberano.
Êxodo 23.14, 17

Para as três grandes festas estabelecidas por Deus, os israelitas deviam se reunir em Jerusalém, onde o templo ficava, como centro de adoração da nação. Eram festas que exigiram viagem à capital. Os estudiosos pensam que os salmos de “degraus” ou de peregrinação eram cantados durante estas viagens.

As festas eram celebrações da bondade de Deus e da sua salvação. Deus estava no centro das festas, ele era o seu assunto.

Hoje, vivendo conforme a aliança de Cristo, a igreja de Deus se reúne para celebrar 52 grandes festas em torno da mesa do Senhor. Não temos autorização para um calendário anual. Celebramos um cronograma de reuniões semanais.

Na sua vida em comum, o foco da igreja é o primeiro dia da semana. Nosso amor se estende a sete dias na semana, como se pode ver na igreja em Jerusalém nos primeiros dias, mas há significado especial no dia do Senhor.

O reino de Deus é descrito em termos de um banquete. Israel celebrava festas. A igreja celebra a presença de Deus no seu meio, a redenção em Cristo. Suas reuniões são, na sua maior parte, momentos de alegria.

Deus eterno, alegramo-nos na salvação no seu Filho e agradecemos tudo o que temos de positivo, espiritual e eterno no seu reino.

 

Deixe uma resposta