Voando sobre as asas do vento

Salmo 18.9-10: Linguagem impressionante descreve a salvação de Deus.

Com linguagem quase apocalíptica, no Salmo 18 o rei Davi descreve a libertação dos seus inimigos por parte do Senhor. Esse salmo extenso, de 50 versos, é o primeiro deste tamanho, após 17 salmos pequenos, nenhum maior do que 20 versos, a fim de exaltar a Deus pela sua salvação.

Os céus ficaram mais baixos com núvens escuras de tempestade, e sobre elas ele vinha descendo em direção à terra. Levado por um querubim, ele se aproximou rapidamente, voando sobre as asas do vento.
Salmo 18.9-10 NBV

#1. Deus tem focos de trabalho: no seu rei escolhido, no seu povo. Ele salva e abençoa para estender sua salvação e bênção a todos os que o recebem. A pessoa de Davi serviu como tipo do Messias que viria mais tarde.

#2. Esta linguagem dramática serve para atribuir a Deus todas as vitórias que o rei tinha sobre os seus inimigos. Ressalta o entendimento de Davi sobre o autor das suas vitórias na sua situação desvantajosa.

#3. A grande lição: “Deus é fiel para com o fiel. (…) Salva os humildes, mas humilha os orgulhosos” (versos 25, 27). Ele responde às súplicas do seu povo obediente por libertação.

Davi pinta este quadro para quem ainda não conseguiu enxergar. Para alguns Davi teve um reinado turbulento e problemático. Para Davi, foi uma sequência de salvamentos pelo Senhor, todos os quais apontam a mão de Deus sobre ele.

Que eu veja com clareza a agitação de céu e terra embaixo da sua mão, por causa da salvação que traz ao seu povo. Louvado seja o Senhor!

Segure essa ideia: Vem Deus do céu seu povo salvar, / secando o mais profundo mar.

Deixe uma resposta